6 Dicas para Contornar a Distração dos Estudantes
6-Dicas-para-Contornar-a-Distração-dos-Estudantes

6 Dicas para Contornar a Distração dos Estudantes

Como resolver o problema com o excesso de tecnologia nas escolas e Contornar a Distração dos Estudantes?

Não há dúvida de que em todos os meus anos integrando tecnologia e ensino de desenvolvimento profissional para os professores, um tópico sempre surge… distração dos estudantes. O fato é que alguns alunos vão sair da tarefa ao usar a tecnologia (estes são geralmente os mesmos alunos que saem da tarefa em outras configurações educacionais) e você precisa ter estratégias no local para reter o foco.

Com isso em mente, você não tem que ser demasiado rigoroso e perder de vista a sua lição. Haverá um nível de distração, não importa o quê. Por uma questão de fato, isso acontece com os adultos também, nesse mundo repleto de novas tecnologias e velocidade. Basta pensar em sua última reunião da escola ou faculdade.

O que você pode fazer para manter os alunos na tarefa e menos focada em e-mail, YouTube, Facebook, Instagram, etc? Vamos dar uma olhada em algumas dicas para manter a sua lição no caminho.

Confira as 6 Dicas para Contornar a Distração dos Estudantes:

1 – Passear pela sala

Isso soa ridiculamente simples?! No entanto, a estratégia mais eficaz que eu já usei é passear pela sala… muito! Isto é semelhante à técnica de gestão no mundo dos negócios… MBA, gestão por vaguear ao redor. Sério, isso vai resolver a maior parte do comportamento fora da tarefa.

2 – Desenvolver uma rotina

Dar ao uso da tecnologia uma chance de lutar desenvolvendo rotinas para seu uso. Eu recomendo escrever a sua rotina. Por exemplo:

Quando os iPads, tablets, smartphones estão sendo usados, os líderes da tabela coletam os dispositivos e os distribuem. Os iPads ficam virados para baixo sobre a mesa até receber instruções. Então…

Isto é especialmente verdadeiro para a escola. Desenvolva uma rotina e considere publicá-la na frente de sua sala de aula.

3 – Pratique a rotina

Quando você tem sua rotina, pratique-a com os estudantes muitas vezes até que a tenham em mente. Eu sou pessoalmente muito rigoroso com isso. Se os portáteis devem ser fechados quando são trazidos para sala, e um estudante abre deles, nós conversamos a respeito. Embora isto tome o tempo da classe, a longo prazo este tipo da prática com faz a tecnologia que as lições ricas seguem com mais tranquilidade.

4 – Limites de tempo

Para incentivar o uso da tecnologia na tarefa, considere definir um limite de tempo para concluir a tarefa. Obviamente isso depende do que você está fazendo, mas um timer pode manter as coisas se movendo junto. Eu gosto de colocar um temporizador on-line sobre o projetor para a contagem regressiva é enorme e óbvia.

5 – Definir planejamento

O uso efetivo da tecnologia requer planejamento. Antes de os botões em são empurrados, definir claramente os discursos do dia. Em vez de ” investigação da primeira guerra mundial”, tente “ir em linha e as causas de investigação para o início da primeira guerra mundial. Encontrar uma causa principal e duas causas secundárias. Em suas próprias palavras, explicar todas as três causas que você descobriu.

Desculpe, professores de história! Esse é provavelmente um exemplo terrível! Mas, você tem a idéia… desenvolver e comunicar claramente os despedimentos para a lição.

6 – Evite punição de grupo

Eu sou definitivamente culpado disso mesmo, mas eu realmente não gosto de punição de grupo. Portanto, eu não recomendo remover a tecnologia de toda a classe, apesar de alguns países já proibirem o uso de smartphones na escola, se alguns estudantes fazem mau uso das ferramentas. Então, eu apenas discretamente levo os alunos de lado e dou-lhes uma atribuição semelhante para completar sem tecnologia.

Os alunos percebem quando outro aluno está procurando informações com livros de biblioteca e escrevendo anotações em cartões. A mensagem sai muito rapidamente.

Concluindo:

Vale a pena testar estas estratégias com o intuito de solucionar o problema do uso abusivo de mobile nas salas de aulas e que muitas vezes não trazem resultados positivos aos alunos em diversas séries.

Deixe uma resposta

Fechar Menu